Arraiá CSA

Data: 19/08/2018
Horario: 14:00
Local: Espaço Cultural Batuíra - R. José Bruno - Praia de São Francisco

Preço: Grátis




Arraiá CSA - Se o campo não planta, a cidade não janta!
 
São Sebastião recebe uma grande festa que reúne produtores de alimentos orgânicos, show de forró, demonstração de dança e espetáculos para crianças
 
Neste domingo, dia 19 de agosto São Sebastião estará em festa, não perca o Arraiá CSA tem programação das 14 às 21 horas no Espaço Batuíra, que fica no bairro São Francisco. A festa está cheia de atrações culturais para a família toda, às 15 horas apresentação de palhaços com o Circo Navegador, às 17h e às 19h30 demonstração de dança com o Pilão Encantado, 18 horas show com a banda de forró Baião de Rua, intervenções artísticas com o grupo Castelo das Artes e muito mais!
O evento conta com o apoio da FUNDASS e da Prefeitura de São Sebastião, e tem a finalidade de arrecadar fundos para o fortalecimento da CSA – Comunidade que da Suporte a Agricultura do Litoral Norte. Os resultados da festa serão revertidos em melhorias no processo de produção dos agricultores comprometidos com a produção de alimentos orgânicos. A CSA terá uma barraca para venda de sucos naturais orgânicos, pipoca orgânica, lanches e doces. Todos os alimentos preparados com carinho pelos integrantes da nossa comunidade com o compromisso ambiental de minimizar o uso de embalagens descartáveis.
Esse evento reúne um grupo de ações e pessoas que tem como propósito o consumo consciente e os cuidados com a vida na terra. Venha participar de uma vivência de afeto e acolhimento com barracas de comidas e bebidas típicas, alimentos orgânicos, produtos agroecológicos, artesanatos, brincadeiras para as crianças, demonstração de forró, espetáculos de circo e show musical.
Conheça um pouco dos expositores que estarão no primeiro Arraiá CSA. Além da barraca de comida e bebidas da CSA, estarão presentes os agricultores da região que oferecem alimentos orgânicos frescos e saudáveis, o coletivo “Sustenta Ilha” que traz pães, tofu, shimeji, empanadas, focaccia e pastas veganas; a “EcoFeira”  com marcadores de pagina e distribuição das revistas da ASMINASS, lanches e sucos naturais, mandalas e crochês, antepastos caseiros e kibes, feijoada vegana, doces, queijadinha, suspiro, quindim, cervejas artesanais e bolsas e almofadas aromáticas, o “Núcleo Familiar Integrativo Bexiga Verde” composto por uma rede de amigos com seus tradicionais pães, chás, biscoitos artesanais, sucoterapia, vasos com panc's, artesanato indígena e sacolinhas artesanais. E tem mais cerâmica da Cida Ivanov, brinquedos educativos do Bicho Curioso, artes em papel reciclado do Papel de Quintal, brinquedos de madeira e colares mordedores da Mamãe Tiê e as sacolinhas artesanais e informativo impresso sobre alimentação saudável.
 
Cuidando da “Mãe Terra”
            Se o campo não planta, a comunidade não janta. E se a Comunidade não janta, o sistema não anda!! A CSA Litoral Norte é uma comunidade de consumidores e agricultores que apoia e dá suporte aos produtores de alimentos orgânicos da região. Essa iniciativa privilegia a relação baseada no Apreço, na qual o valor do alimento não está baseado na cultura do Preço, mas na construção de uma economia Justa, que prioriza o respeito mútuo, o carinho e solidariedade, e acima de tudo os cuidado com a “Mãe Terra”.
 
Como funciona a CSA
            O grupo de consumidores contribui com uma taxa mensal, suficiente para arcar com os custos de produção e com boa parte dos gastos da família de agricultores, pagando uma cota mensal fixa e em troca recebem uma cota semanal com alimentos produzidos sem agrotóxico, nem custos adicionais da distribuição e atravessadores, além da possibilidade de participar de vivências e mutirões de plantios no Sítio Flora Manacá em Caraguatatuba. Atualmente, 29 famílias recebem semanalmente cestas com os alimentos produzidos. A equação é boa, quer ver? O produtor não sofre a pressão do mercado e dedica-se de forma livre a produção. Os consumidores recebem produtos de qualidade, acompanham e até participam da produção. Resumindo: a economia associativa, por meio da agricultura comunitária, resulta em desenvolvimento sustentável, comércio justo e fraterno, assegurando a oferta de produtos orgânicos, preservação ambiental e alimentação saudável.
 
Envolvimento e Participação
            Toda a comunidade sebastianense será convidada a participar de uma experiência que traz oportunidades de diversos encontros e reflexões sobre as práticas sustentáveis. Cada pessoa que estiver disposta a essa vivência pode contribuir com a presença e com a mudança de hábitos como, por exemplo, a prática de levar a própria caneca e outros utensílios para consumir alimentos e bebidas sem gerar lixo de plásticos descartáveis.
           
O Forró da banda Baião de Rua
            Uma festa da cultura nordestina, com forró pé-de-serra e valorização da boa música brasileira. O repertório traz Luís Gonzaga, Mestre Zinho, Cecéu, Jakson do Pandeiro, Genival Lacerda, Alceu Valença, Zé Ramalho, Fagner, Dominguinhos e Sivuca, Lenine, Chico César e Zeca Baleiro, além das composições autorais de nosso vocalista Tom Santana.
            A mistura de ritmos como xote, xaxado, baião, coco e maracatu, com um forró sambado e uma boa pitada de MPB, tornam a apresentação contagiante e agradável.
 
Aula de Dança com o Pilão Encantado
            Nessa festa também tem dança, sim sinhô! O público está convidado para assistir e, principalmente, participar desse Arraiá dançando. O Pilão quer levar ao público a beleza do Forró ensinado por professores renomados como Evandro Paz, Ivan Ribeiro, André Droich, Íris de Franco, Fernanda Squariz, Cláudio Santos (Buiú). Estilo dançado em bailes como Estaleiro Bar, Bartok, Forró de Todos, Forró em Giro, Remelexo Brasil, Canto da Ema, Forró dos Ratos, Forró Cedinho e tantos outros no circuito conhecido como Pé De Serra. Agora, mais importante, é despertar e promover a vontade em todos de celebrar esse belo encontro fazendo o seu dois pra cá, dois pra lá com seu par.

© 2015 Circo Navegador. Todos Direitos Reservados.