Espaço Circo Navegador - NA RUA!

Data: 26/08/2018
Horario: 16:30
Local: Rua Prefeito Mansueto Pierotti, 826

Telefone: 1238922589

Preço: Grátis




No domingo, dia 26 a partir das 16h30, a arte, a alegria e a solidariedade tomam conta da Rua em frente ao Espaço Cultural Circo Navegador. O palco será montado do lado de fora e as atividades artísticas serão gratuitas, é importante lembrar que as contribuições voluntárias, no chapéu, serão muito bem vindas. Tem também a cantina com pipoca, suco, água, cerveja, vinho e pão com tomate, além das barracas de artes e artesanato da Ecofeira, um projeto de economia solidária e valorização dos artistas e produtores locais.
            A programação artística começa às 16h30 com a Intervenção Poética “Liberte a poesia” com Adriana Simões, às 17h apresentação do espetáculo de circo “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”, às 18h Intervenção Poética "Troco uma flor por histórias de amor" com Adriana Simões, às 18h10 música popular hispano-americana com Jimmy Brown, às 18h30 tem o Samba de Roda do “Batuque Caiçara” e às 19h30 exibição do documentário “O veneno está na mesa” do diretor Sílvio Tendler seguido de um bate-papo.
A iniciativa é protagonizada por um grande número de pessoas e instituições que se dedicam a reorganizar o mundo a partir de pequenas ações com o objetivo de poetizar o espaço público, transformar a rua e o bairro num lugar mais agradável, envolver a comunidade, fortalecer a rede de economia solidária, aproximar o público das artes e das iniciativas sustentáveis.
Desde 2002, quando o Circo Navegador chegou a São Sebastião, procuramos dar um novo sentido ao uso dos espaços públicos. Em 2004 organizamos o Festival de Teatro de Rua que reuniu 8500 pessoas em 22 dia. Em parceria com a Prefeitura Municipal realizamos o projeto “Arte por Toda Parte” que leva apresentações gratuitas para os bairros da cidade e com prêmios governamentais (Proac e Funarte) realizamos ações para as comunidades de maior vulnerabilidade e dificuldade de acesso as arte e a produção cultural.
Segundo o diretor artístico Luciano Draetta: “Já estamos satisfeitos com o processo de formação de público para o Espaço Cultural Circo Navegador, agora nos propomos a um novo desafio, o de levar o espaço pra rua e interferir diretamente na vida das pessoas, promovendo o acesso à arte e cultura, qualificando as relações sociais e de oportunizando o acesso a pessoas que ainda não tem o abito da frequentação de espetáculos e espaços culturais.”
 
Quanto Custa?
Toda a programação terá acesso livre à todas e todos os interessados. Mas temos a obrigação de provocar o pblico com a seguinte questão: O quê você faz quando uma coisa não tem preço e nem é de graça? Pois a resposta é simples, as pessoas terão a oportunidade de fazer contribuições voluntárias. Após cada apresentação passaremos o chapéu dando a chance de valorização da arte e participação de cada indivíduo na manutenção do projeto. Na cantina serão oferecidos: pipoca, suco, cerveja, água, pão com tomate e tortilla Nessa rede de solidariedade todos ganham, a comunidade se conhece melhor, troca sorrisos e experiência e o espaço mostra seu propósito.

SERVIÇO
DATA: 26/08/2018 (domingo)
16h30 Intervenção Poética “Liberte a poesia” com Adriana Simões
17h apresentação do espetáculo “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”
18h Intervenção Poética "Troco uma flor por histórias de amor" com Adriana Simões
18h10 música popular hispano-americana com Jimmy Brown
18h30 Samba de Roda do “Batuque Caiçara”
19h30 exibição do documentário “O veneno está na mesa” do diretor Sílvio Tendler
LOCAL: Espaço Cultural Circo Navegador
ENDEREÇO: R. Prefeito Mansueto Pierotti, 826 - Vila Amélia - São Sebastião
TELEFONE: 3892-2589

 
Sobre o espetáculo
 
O espetáculo de circo “Om Co Tô? Quem Co Sô? Prom Co Vô?”, encenado pelos palhaços Surubim (Luciano Draetta) e Nicolas (Alejo Linares), traz situações clássicas do palhaço revisitadas de maneira contemporânea. Com esta obra, o Circo Navegador realizou turnê internacional pelo Chile e Argentina, levando a graça, “bem brasileira”, para os “vizinhos” a convite do festival de Mar Del Planta, no qual ganhou um prêmio de reconhecimento pelo mérito artístico. Também foi apresentado em Santiago, no Teatro Huemul e no Teatromuseo de Valparaiso – Chile. A turnê passou ainda por San Pedro de Atacama – Chile e Córdoba, El Brete e Buenos Aires – Argentina.
No Brasil o espetáculo esteve em cartaz na capital paulista, com grande sucesso de público e crítica, além de participar dos principais festivais brasileiros (Festival de Curitiba – PR, Florianópolis – SC, FILO – Londrina – PR, Resende – RJ, Extrema – MG, Memorial da América Latina – SP, FENTEPP – Presidente Prudente entre outros). Desde sua estreia em 2007 o espetáculo já conta com mais de 400 apresentações.
 
Sinopse
 
Uma abordagem crítica da ridícula condição humana feita por um Palhaço e um músico que apresentam suas fragilidades em meio a transgressão dos costumes e convenções sociais. Como já afirmou Oscar Wilde “A desobediência é a virtude original do homem”. A partir dessa máxima, os palhaços Surubim e Nicolas fazem evoluções “mirabolantes”, de forma textual, física e valendo-se também de habilidades circenses, interagindo com a plateia e criando uma teia que pegará o espectador no “contra tempo”, encantando por meio do riso, das oposições e contradições humanas. Surubim e Nicolas criam confusões típicas dos palhaços do circo tradicional e encantam a plateia de forma poética, com um misto de ingenuidade e astúcia.
 
Samba de Roda do “Batuque Caiçara”
 
O grupo de samba de roda Batuque Caiçara começou sua jornada no ano de 2014 na cidade de Ilhabela em uma reunião de amigos capoeiristas de diferentes grupos com conhecimento básicos em samba de roda. Com a harmonia e entrosamento o grupo seguiu se apresentando em diversos lugares deixando sua marca. Hoje o grupo se reúne em São Sebastião, todos os domingos com o propósito de fazer samba com tradição de músicas típicas dos sambas rural e do recôncavo baiano, porém, com um toque característico da nossa região.
 
Sobre o Filme “O veneno está na mesa”
 
O Cine Navegador é uma programação contínua de cine clubismos que mantem acesa a chama dos amantes da sétima arte e além da exibição promove um bate-papo logo após o filme e nessa oportunidade os participantes podem trocar suas impressões sobre a obra.
 Este filme coloca a prova o modelo de produção agronegocista que se apoia no uso desenfreado de agrotóxicos que oferecem riscos imensos em todas as suas etapas de produção, do trabalhador que aplica o produto ao consumidor final. A questão é pensarmos que resultados teremos com essas escolhas de produzir alimentos em larga escala e com quantidades inaceitáveis de agrotóxicos, tudo isso legitimado pelo próprio sistema política e econômico.
 

 

© 2015 Circo Navegador. Todos Direitos Reservados.